3 de nov de 2010

Duas indelicadezas contra DILMA ROUSSEFF. Cartão amarelo!

***
31 de Outubro, mais de três horas depois de apurada a vitória da candidata do Partido dos Trabalhadores, a Presidenta-eleita foi ao encontro da imprensa para um pronunciamento.

TVs entram ao vivo e DILMA é acolhida por correligionários; apanha o microfone e começa o discurso.

A certa altura, seu coordenador de campanha, Antonio Palocci, passa às mãos de DILMA um pedaço de papel; sem interromper a fala, ela o lê e devolve, continuando seu pronunciamento.

Um fato simples como este não mereceria um comentário no blog, a não ser por duas razões.

A primeira, pior das duas, foram comentários de jornalistas presentes no evento, que viram o papel e, mesmo não conhecendo seu teor, dispararam contra a Presidenta que tratava-se de um assunto que deveria ser abordado no discurso. Como se não tivesse sido ela quem preparou sua fala, como se fosse preciso um assessor a lhe dizer o que deve e o que não deve ser dito.

Pura maldade ou, ainda pior, puro preconceito. Fosse um homem seu lugar, diriam a mesma coisa?

A segunda - esta com jeitão de menino mimado que quer atrapalhar por pirraça - é o conteúdo do bilhete deixado para DILMA tomar conhecimento de que alguém estava ao celular para falar com ela.

Segundo pessoa próxima, que estava ao lado da Presidenta-eleita, um assessor de DILMA atendeu telefonema do candidato derrotado, José Serra, que pretendia cumprimentá-la pela vitória.

Que é isso, Zé, bem na hora que ela está ao vivo para dizer a Nação seus agradecimentos?
Onde estava o candidato derrotado não tinha uma TV? Teve 3 horas para ligar e, cordialmente, reconhecer sua derrota, como alguém que tenha um minimo de educação, e esperou o momento dela entrar ao vivo? Foi só para perturbar?

Cartão amarelo para José Serra e para os jornalistas que comentaram o bilhete sem saber o que estava escrito nele.
Que coisa mais feia ...

***

Um comentário:

José María Souza Costa disse...

Muito bom. Estou lhe convidando a visitar o meu blogue e se possivel seguirmos juntos por eles. Estarei grato esperando por voce lá
Abraços de verdade