22 de fev de 2008

A DÍVIDA EXTERNA JÁ ERA.


O anúncio do Banco Central de que o país possui mais reservas liquidas em moeda estrangeira do que o total dos débitos externos – público e privado – foi uma das melhores notícias produzidas pelo governo Lula. Aliás, ainda em 2006, as reservas eram suficientes para liquidar toda a parte pública da montanha de dívida.

No passado recente, os movimentos sindicais e os partidos de esquerda, todos, gritavam contra a dívida externa; pediam moratória já!

Hoje, o BC demonstrou ter capacidade de enfrentar o monstro da dependência externa – FMI, Banco Mundial, Clube de Paris, etc., que eram os que ditavam as regras da economia até pouquíssimo tempo atrás. Hoje, alcançamos credibilidade internacional graças à política econômica implantada desde o primeiro mandato do PT, que difere, e muito, da política econômica do PSDB-PFL. Eles, com seus papas liberais, privatizaram tudo e não deram muita bola ao Brasil; o BNDES serviu ao governo tucano para sanear as estatais privatizáveis, enquanto hoje, serve para financiar a produção e, consequentemente, a distribuição de renda.
O micro crédito, outra novidade do governo Lula, criada por Pallocci, é o grande incentivador de micro empreendimentos no interior mais pobre do Brasil. Se mais gente está comprando, mais as indústrias produzem e mais o comércio vende. Isso faz girar a economia e, assim, todos crescem. E não somente uma meia dúzia de amigos do Rei! (Você já se perguntou porquê você não comprou a Vale, se não era preciso dinheiro para comprar? O próprio governo tratou de emprestar a bufunfa para os amiguinhos do trator Sérgio Motta!)
E já que falei em privatização: não era essa a desculpa para a solução do imenso déficit das contas internas, que tudo que era público dava prejuízo? Pois é! FHC e sua quadrilha privatizou tudo o que viu pela frente e a dívida interna cresceu DEZ VEZES nos seus 2 mandatos!!!
Agora querem que o Lula, com a desculpa dos bons ventos internacionais, descasque também esse pepino. Não adianta o vento lá fora soprar a favor se não se sabe como domá-lo... e nem anda tão bem a economia lá fora, é que passamos pela turbulência quase sem sentí-la por causa da política econômica do PT.

Nenhum comentário: