6 de abr de 2012

INSINUAÇÕES CRETINAS.

***

Ano de eleição e aparece gente falando bobagem.
Sem ter como defender a oposição, a velha mídia, agora, quer insistir numa aliança entre Lula e FHC.
"Para o bem do Brasil", dizem.
Um jornalista chega a dizer que PT e PSDB são as forças democráticas remanescentes das últimas décadas, porisso, a necessidade da união.

Mas, estas não são as duas únicas reais frentes parlamentares no Congresso Nacional e na sociedade? Quem mais representa a situação e a oposição? O PT e sua imensa maioria eleita democraticamente, e o PSDB com seus minguados representantes, formam as duas correntes do pensamento político brasileiro. Bastante divergentes, diga-se.

Um, progressista. Outro, reacionário.

A opção, pela via do voto, nas últimas 3 eleições presidenciais, foi o PT. Os tucanos, no cenário nacional, resumem-se a dois ou três nomes - sempre os mesmos - com chances ínfimas de ganhar as eleições para Presidente da República em 2.014.

Deve ser por esta razão que setores conservadores pregam a união Lula e FHC.

Como se o programa de governo de Lula (e, agora, de Dilma) fosse a continuação de FHC! Será que não se cansam de insistir nessa tese? Não parece óbvio que o período FHC foi desastroso social e economicamente enquanto os governos Lula e Dilma, foram de progresso?

O que este blog entende com as insinuações cretinas de parte da velha midia é a tentativa de dar vida à oposição, ao PSDB, uma vez que o DEM está em vias de virar fumaça.

A idéia é boa. Um país consolidado democraticamente deve ter uma oposição forte para, no mínimo, balizar as ações do governo. Mas a forma como estão querendo fazer é um desastre.

Melhor seria a oposição levantar bandeiras sociais; enterrar definitivamente o discurso neoliberal e privatizante que os tucanos adoram. 

FHC, caso ainda tenha algum ideal político, deveria fazer um mea culpa e comandar a oposição de forma mais inteligente. Só com ações da imprensa não vai longe.

***

Nenhum comentário: