24 de jul de 2012

CENSURA TUCANA.

***

Semana passada, o fascista José Serra acusou a militância petista de usar práticas nazistas em campanhas difamatórias pela internet, via redes sociais.

Ontem, seu partido entrou com representação na PGE - Procuradoria Geral Eleitoral, exigindo investigação sobre patrocínios públicos a blogs que fazem "elogios excessivos ao PT e ao Governo Federal".

Na peça da representação (clique aqui para ler a integra) há menção direta ao Ministro do STF Gilmar Mendes, usado para demonstrar que ele sofre "pressão" de blogs sujos por causa do julgamento do "mensalão".
Citam a revista veja* inúmeras vezes, como fonte de informação, como que para respaldar a "verdade" da "parceria" entre empresas públicas e blogueiros não alinhados à velha mídia.

A imagem abaixo é um recorte do repugnante blog de Reinaldo Azevedo, um homem a serviço das forças mais reacionárias deste país, que nutre um ódio mortal contra qualquer pessoa que se declare simpatizante do Partido dos Trabalhadores - um blog que nunca publicou um comentário sequer que este Pirata deixou, censurando sistematicamente todos que emitem opinião contrária aos ideais de seu patrão.
É fácil notar o banner com a publicidade da PETROBRAS.


O que querem os tucanos?
Exclusividade das verbas públicas?

Empresas privadas públicas patrocinam sites e blogs que alcançam seu público alvo, gente que escreve a favor e contra o Governo Federal; o caráter da publicidade estatal, neste caso, deve ser a busca pela divulgação da marca para o público em geral e, ao que a imagem acima demonstra, é o que a maior estatal brasileira está fazendo!

Então, diante do piti que os tucanos estão tendo, posso entender que recomeçou o velho jogo da direita, como em todas as eleições passadas, de querer posar de vítima, de coitados, de frágeis; de alvo de grupos organizados que atiram bolinhas de papel!

Ao buscar censurar o que blogs independentes querem dizer, os tucanos acusam o golpe: sim, a velha midia está perdendo a condição de "dona da verdade" e se sentem incomodados com aquilo que pessoas comuns dizem, sobretudo quando apontam suas mentiras em jogadas tramadas nos subterrâneos da vida política nacional.
***

* Este blogueiro recusa-se a grafar o nome da revista veja com a inicial maiúscula.

***

Nenhum comentário: