23 de ago de 2010

SENADO: A chave da eleição 2010.

***

Talvez por já ter se dado conta da derrota iminente, a oposição brasileira está travando outra luta, desta vez, no Legislativo.

Correndo silenciosamente por fora, a base da oposição espera eleger senadores o suficiente para continuar a colocar pedras no caminho do governo.

É de se compreender o posicionamento demo-tucano. A única frente que lhes resta, provavelmente, será o Senado Federal. Sem ele, tendem ao desaparecimento.

Algumas lideranças da direita – que preferem não assumir ter jogado a toalha – andam espalhando boatos que Dilma Rousseff, uma vez eleita Presidenta, com maioria (folgada) na Câmara e um Senado controlado, se tornaria um Chavez de saias. Sussuram a Venezualização
do Brasil.

Puro terrorismo.

Mas faz sentido esta pregação, sobretudo em se tratando de arrecadação de fundos para a campanha. Hoje, o PT consegue duas vezes mais recursos que o PSDB/DEM, e tende a crescer ainda mais a diferença. A contribuição é diretamente proporcional ao desempenho nas pesquisas.

Lançar dúvidas na cabeça do empresariado, que é quem financia o jogo, pode trazer beneficios e, em última instância, sobrevida politica à direita. O que se vê na midia – sempre a velha midia – é a amplificação do medo que demo-tucanos tratam de disseminar.

***

2 comentários:

Anônimo disse...

Prezado Pirata praiano,
Costumo acompanhar o seu Blog, pois confesso ter um certo apreço por contos de ficção.
Em caráter colaborativo, mas sem vínculo empregatício para eu não perder o benefício da bolsa família, gostaria de sugerir que o nobre Jack Sparrow troque a foto da Chavez de saia, ops... digo, da Dilma, por uma mais atual. A Chavez de saia, desculpe novamente já não tem mais esses traços de rudes típicos de militantes do partido em começo de carreira. Hoje, aquele rostinho bravo de Cauby com cachumba não existe mais, graças a numerosas cirurgias plásticas, que aliás deve ser lei dentro do partido, vide os exemplos repuxados que teimam em nos dar sustos nos programas eleitorais ou policiais. A Terrorista ficou até bem. Será que a intervenção cirurgica foi feita num hospital universitário? Acho que sim! Esse raro exemplar da espécie, se aprendeu tudinho com seu mentor, não trairá, JAMAIS, as suas origens, convicções, idéias e ideologias que tanto clamavam em reuniões sindicais. Te mando uma para você relembrar: http://www.youtube.com/watch?v=83WUqpvddq8
Enfim.....aquele velho ditado:" os incomodados que se retirem" né? pena que esses tseres não se retiraram quando estavam incomodados. Ou será que algum dia estiveram???
Será?? Será?? Será??
Nááááááááááá
Fico por aqui na humilde, porém persistente esperança de termos um país mais verde.
Agora vou ler sobre coisas reais no blog do Piloto.
abraço do crítico, oposicionista, mas amigo Rap

Júlio Pegna disse...

Imagine a seguinte situação, nobre amigo charuteiro: Um grupo de pessoas são presas por um bando de militares fardados e amparados por um golpe militar; torturam, assassinam, mutilam, estupram. Quem é mesmo o terrorista?

Te digo: se hj temos direito de dizer e escrever o que queremos é pq alguns - poucos - idealistas deram suas vidas para a democracia!


Sabes que cirurgia plástica é muito comum entre mulheres, e que nem todos os cirurgiões são bons. Eleger uma mulher será a grande obra que deixarás para teus filhos: sabes bem como elas se comportam. Muito melhor que nós, homens!

Mundo verde, dizes? Se votas Marina tens meu apreço. Petista de verdade, "terrorista' das boas; lutou ao lado de Chico Mendes no Acre e, como Ministra do PT no gov. Lula, defendeu até os dentes o Bolsa-Familia, que é quem tira da miséria milhões de baianos, paraenses, cariocas e paulistas. Irmãos nossos, que devemos respeito.

Grande abraço e continue a criticar sempre. A democracia é feita de diferentes. Ainda bem! Se todos fossemos torcedores do Clube do Remo, que graça teria?