17 de ago de 2009

CAÇA AO APARELHO DE TV

***
COMO FUNCIONAM AS PESQUISAS NO BRASIL
Houve um tempo em que o SBT, do Silvio Santos, era a "emissora lider do segundo lugar". À frente, só a Globo de Roberto Marinho.
Não sei precisar quantos anos exatamente se passaram, mas alguém há de lembrar de uma chamada, colocada repetidamente no ar, no SBT, com o título CAÇA AO APARELHO DE TV.
Silvio Santos sempre usou o jogo de azar para atrair e qualificar sua audiência, e aquela chamada parecia mais um programa "inocente" de jogar os dados.
Mas não era.
Uma pessoa muito próxima à emissora vice-lider era a responsável pelo acompanhamento da audiência, minuto a minuto, através de um aparelho fornecido pelo IBOPE, do Montenegro, braço da Rede Globo.
Silvio Santos não se conformava com a baixissima audiência de sua programação; aos domingos, tinha certeza que seu programa QUAL É A MÚSICA não se limitava a dois ou três pontos percentuais. Ele pode ter milhões de defeitos, e tem, mas é um homem de midia e de TV.
A AMEAÇA
Silvio Santos fez uma reunião com o pessoal do IBOPE para ver se davam a ele uma oportunidade. Todos sabemos que cada ponto de audiência representa milhões de faturamento, e Silvio Santos nunca rasgou dinheiro! (o que jogava para a platéia, descontava do Imposto de Renda ...).
Montenegro jurou de pés juntos que os números estavam corretos. Silvio Santos não acreditou.
Na semana seguinte, soltou no ar de sua emissora a chamada para CAÇA AO APARELHO DE TV. O pessoal do IBOPE tremeu. Dois ou três dias depois, a audiência do SBT dobrou, e Silvio Santos fechou o bico.
A MARACUTAIA
A empresa IBOPE tem contrato com as emissoras de TV para medir a audiência de sua programação. Através de um aparelho simples, envia sinal com as informações a cada minuto, ininterruptamente.
O IBOPE possui uma rede de domicilios na grande São Paulo, aproximadamente, 600 residências, abrangendo todas as classes sociais, que possuem um pequeno transmissor em suas TVs que emite sinais para a sede do IBOPE. Esses sinais são decodificados e tabulados para, imediatamente, enviá-los às emissoras. Esses dados informam a quantidade de aparelhos ligados, em qual canal, e por quanto tempo.
É importante lembrar que as familias que aceitam instalar o aparelho do IBOPE recebem um valor mensal, como que em pagamento do sigilo a que são obrigados a manter.
Silvio Santos estava disposto a pagar mais.
Muito mais que o IBOPE de Montenegro.
Ameaçou jogar a dúvida sobre a lisura das informações que o IBOPE presta e, como num passe de mágica, sua audiência -- e faturamentou -- aumentou.
Simples assim.
***

Nenhum comentário: