8 de mai de 2010

SERRA E A FARSA DO MERCOSUL.

***
O candidato-coroné José Serra declarou que o Mercosul é uma farsa.
Depois, disse que deve-se "flexibilizar o Mercosul".

Este blog quer saber como se flexibiliza uma farsa!

Sabe-se que o Mercosul não é um acordo perfeito e que precisa inúmeros reparos. Mas isto não significa que deva ser extinto ou, pior, deixado de lado. Foi o que pretenderam os nefastos FHC-Menem, através de seus ministros da Fazendo Malan-Cavallo. Será que o Coroné Serra também quer?

No auge da crise internacional, em 2009, tanto Brasil como Argentina, principais protagonistas do Mercosul, sofreram pouco graças aos acordos que o tratado oferece. O comércio entre paises signatários fez com que a produção industrial não perdesse o fôlego. Vejam o que acontece com a Grécia, Espanha e Portugal, hoje, sofrendo reflexos da crise de um ano atrás!

Quem já ouviu alguma vez o Coroné Serra, ou qualquer de seus correligionários tucanos falar alguma coisa da ALCA, tratado de livre comércio das Américas, que o nefasto FHC quase assinou? Nunca!

A cara de pau desses tucanos neoliberais é vergonhosa, pois preferem falar do Mercosul mas não ousam desafiar o "chefe" norteamericano que insiste na ALCA. É o tal complexo de vira-latas!

O chanceler argentino Jorge Taiana declarou ao Pagina 12 que o Mercosul "não só está vivo como tem planos para o futuro", referindo-se ao que Serra andou dizendo por aí.

O periódico argentino cita algumas frases que o jornal tupiniquim Valor publicou, atribuídas ao Coroné:

"... segiur carregando o Mercosul da forma que está não tem sentido; a união aduaneira é uma farsa, exceto quando serve para impor barreiras..."

Não se sabe o que Serra, se eleito, fará com o acordo sulamericano de livre comércio. O que se sabe é que ele - e o PFL - é contra. Sabe-se que é simpático a ALCA.

Entretanto sabe-se que os brasileiros são simpáticos aos acordos com países latinoamericanos e preferem distância dos EUA.

O Coroné devia sair mais às ruas e ouvir o povo. Os mais e os menos cheirosos.
***

Um comentário:

CARLOS ALBERTO disse...

Jorge Taiana ainda disse que José sErra não representa a maioria!
Ele tem razao.
Carlos Alberto