9 de jul de 2009

EUA PEDEM AJUDA A LULA

***

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, pediu ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva que use sua influência para tentar convencer o Irã a abandonar o seu programa nuclear.
Com esta frase, hoje, sob o título da imagem ao lado, o site UOL NOTÍCIAS comunicou o pedido do Presidente dos EUA no dia seguinte à reunião com membros do G-5.
O objetivo de Obama é pressionar o Irã a rever sua estratégia nuclear, e conta com o colega brasileiro nesta tarefa.

A importância do Brasil no cenário externo é cada vez maior. O Presidente Lula, através de seu carisma, está conquistando definitivamente a imagem de estadista. Cada vez mais o Brasil está se consolidando no cenário externo como um país a ser respeitado; nossa voz está sendo ouvida no mundo inteiro, por todas as lideranças políticas estrangeiras.
Isto se deve exclusivamente ao presidente Lula.
Desde que assumiu, sua meta era inserir o Brasil na economia mundial. Relegou ao segundo plano a idéia da ALCA - defendida por FHC como o caminho para o desenvolvimento - para unir forças entre os países emergentes. Deu certo.
O atual estágio dos emergentes - Brasil, Russia, India, China e México - diante do comércio exterior está absolutamente consolidado. Alcançamos o mundo através de nossos mercados internos, e estamos sendo reconhecidos como parceiros importantes. Este status nos dá a possibilidade de negociar - e exigir - com nossos parceiros com muito mais força.
Estamos plantando nosso futuro pelas mãos de um Presidente operário.
Estamos sendo respeitados por nossa condição política e econômica, definitivamente.
Mesmo diante das evidências de uma revolução pacífica em curso no terceiro mundo, somos desrespeitados dentro de nosso próprio país. A oposição ataca o Presidente Lula da forma mais vil que existe. Com mentiras e chantagens. Parte da mídia, a corporativa, a mais comprometida do planeta, o persegue da forma mais covarde e insana. Com mentiras e calúnias.
Mas o progresso se aproxima e, junto, a distribuição da renda e da riqueza brasileira.
O tempo de concentração de recursos está acabando; o povo que trabalha está atingindo o bem estar e a igualdade. Entre nós, o Brasil está caminhando na direção do progresso!
Ainda há muito a ser feito, é claro. Mas os primeiros passos foram dados. Goste a oposição e a midia, ou não. O simples gesto do Presidente Obama, ao pedir que Lula use sua influência num assunto tão delicado, é o sinal dos novos tempos.

Mr. Obama: take it easy ... the man will help you!

***

Um comentário:

Carlos Cassaro disse...

A oposição tá espumando de inveja e de raiva...