14 de jun de 2010

O BICHO VAI PEGAR!

***
LULA CORRE SÉRIO RISCO.
VÃO ACABAR COM O BOLSA FAMILIA!

A cobertura da midia corporativa à convenção do PT é de morrer de rir.

O ódio que certos jornalistas (?) escrevem, quando se trata de Lula, é evidente. Os da Folha de São Paulo, por exemplo, nem escondem a dor de cotovelo. Pudera, estão do lado errado ...

Fico pensando como deve ser dificil fazer oposição a Lula. Sério.
Essa gente que tenta ir contra o que o PT fez só está cavando sua própria sepultura. Deve ser dificil, para eles, assumirem que Lula foi eficiente, e já está na história do Brasil como o melhor Presidente da República que o Brasil já teve.

Mas, Lula, cuidado: existe o sério risco de perder o primeiro posto.

Quando assumiu seu primeiro mandato, Lula recebera uma herança maldita. Dolar e juros nas alturas, inflação mostrando os dentes, déficit em conta corrente, falta de dinheiro para investimento, divida interna e externa elevada, submissão ao FMI. Demorou 4 anos para começar a mostrar resultados.

Dilma terá o caminho muito mais ameno pela frente.
A área econômica está tão bem que precisam controlar o crescimento, senão explode.
A área social, que Lula cuidou com tanta atenção, apresenta índices espetaculares, com milhões, sim, milhões de pessoas que ascenderam de classe social. As classes média e média-alta estão em franco crescimento, enquanto os pobres alcançam melhoras consideráveis.

É muito provável que, no segundo mandato de Dilma Rousseff, já não existam miseráveis no Brasil e seja possivel extinguir o Bolsa Familia. Será o maior orgulho, para qualquer cidadão brasileiro, o dia em que Dilma anunciar não ser mais necessário o programa de transferência de renda, pois todos os brasileiros terão conseguido sua própria renda através do trabalho!

Terá sido alcançado o objetivo básico do programa do Partido dos Trabalhadores, e de Lula, que é reduzir drásticamente as desilgualdades no Brasil.

E Dilma Rousseff poderá tomar o posto que hoje é de Lula, como a melhor Presidente da República que o Brasil já teve!

***

Nenhum comentário: