15 de jul de 2010

OPOSIÇÃO, ECOLOGIA E O LAMPIÃO.

***

15 de Julho será um marco na História do Brasil. Foi feita a primeira exploração comercial de petróleo da camada do Pré-Sal; o início da uma era de desenvolvimento baseado na receita da extração de petróleo.

Entretanto, a midia mais comprometida do planeta já tratou de arranjar uma versão sem fundamento, uma mentira deslavada à respeito da exploração de petróleo.

“Especialistas” andam dizendo – amparados por gente do Greenpeace – que a exploração de óleo em águas profundas provoca o risco de vazamento, como o ocorrido nos EUA. É claro que existe o risco e a tragédia ambiental seria enorme. Por outro lado, existe a possibilidade de não acontecer coisa alguma, de não vazar petróleo e não contaminar o oceano. É igualmente óbvio.

Este raciocínio pequeno e mal intencionado quer, em tom de alerta, fazer ameaças; é tão estúpido e insustentável que nenhum membro do governo respondeu. A seguir esta linha de pensamento, deveriam proibir aviões de levantar vôo sob risco de queda, que existe!

Outra maldade que ouvi de alguns jornalistas é a critica puramente politica à exploração do Pré-Sal. Na Globo (tinha que ser!) disseram que não temos razões econômicas para explorar petróleo porque, há pouco mais de um ano, o governo decidiu investir no programa do álcool combustível.

Querem dizer, então, que devemos abrir mão do dinheiro que está depositado sob o mar? Preferem que fiquemos sentados sobre uma enorme quantidade de riqueza só porque temos terra para plantar cana-de-açúcar? Quanta mediocridade!

O que se está propondo – e concretizando – é explorar a riqueza que move o mundo industrial de hoje. O petróleo, como recurso natural e finito, serviu e serve de base de desenvolvimento das maiores nações do planeta, EUA principalmente. Perguntem a Mr. Obama se ele não perfuraria o Pacifico inteiro se pudesse extrair combustível ... com ou sem risco ambiental, ele faria tantos buracos quanto fossem preciso para tirar energia!

Cínicos e mentirosos, a oposição lança dúvidas criminosas pela imprensa tentando desacreditar o Pré-Sal. Sabem que os recursos que poderão advir desta extração podem nos colocar, de forma definitiva, no mundo desenvolvido. Se o PT vencer as eleições de 2010 será ainda pior para a direita mesquinha, pois Dilma terá nas mãos a possibilidade de enriquecer o país e usar estes recursos para sanar os problemas mais graves que ainda temos. Com crescimento, distribuição de renda e investimento público pesado.

Dilma vai vencer e governar por 4 anos. Depois será reeleita porque fará um ótimo governo. Estes oito próximos anos serão decisivos e a direita sabe, porisso a fúria acusatória sem sentido.

Desnorteados e sem discurso, talvez a imprensa prefira que voltemos a usar lampião a gás!

***

Nenhum comentário: