2 de mai de 2009

A GRIPE E A CRISE

***

Crianças mexicanas usam máscaras para se prevenir da gripe

Dois dos maiores laboratórios mundiais, os suiços Roche e Novartis, esperam que a gripe suina se espalhe pelo mundo todo. E quanto mais rápido, melhor.

Atingidos pela crise financeira que assola todos os setores da economia mundial, os laboratórios farmacêuticos passam por dificuldades. Entretanto, a gripe pode ser a salvação instantânea.

A esperança é alavancar o volume de negócios através do fornecimento de medicamentos antigripais, como o Tamiflu, contra o virus A/H1N1, com produção anual de 4 bilhões de comprimidos, segundo informa a France Press. Este mesmo remédio foi produzido pelos suiços para combater a gripe aviária.


Tamiflu, antigripal da Roche


"A nova crise sanitária pode trazer impulsos únicos sobre o volume de negócios e se traduzir por uma leve alta dos lucros", comentou Andrew Weiss, analista de um banco privado.

Assim é o capitalismo.

A oportunidade de ganhar dinheiro pode vir de qualquer lugar, nem que vidas humanas sejam a fonte do lucro.

Laboratórios farmacêuticos são os maiores responsáveis pela ineficiente medicina nos países não-desenvolvidos. Enquanto subornam governos, políticos, juízes e médicos, milhões de pessoas afetadas por males os mais diversos morrem nos hospitais públicos por falta de medicamentos que os governos não podem pagar.

O altíssimo preço dos remédios é a armadilha criada pelos países ricos contra populações inteiras que dependem da saúde pública. As patentes são as armas mais eficazes para produzir balanços gordos de lucros.

E quando um remédio, por exemplo, contra agripe suina, se torna imprescindível, milhares de cifrões saltam aos olhos dos acionistas dos laboratórios que, felizes, comemoram mais uma epidemia.

É um caso de polícia!

***

2 comentários:

Laguardia disse...

Pergunta

Porque os laboratórios públicos como a FRURP não estão trabalhando na vacina?

Se é um caso tão flagrante, por que o governo brasileiro não faz como fez com os remédios de combate a aids, quebra a patente e produz o remédio.

Será que não é porque nossas autoridades corruptas estão recebendo CPF (Comissão Por Fora) dos laboratórios?

Afinal de contas temos visto nosso povo sofrido morrendo nas filas do SUS enquanto nossos políticos voam para baixo e para cima com o dinheiro do povo e gastando com cartões corporativos pagos por nós.

Júlio Pegna disse...

Ora, ora, caro Laguardia pensando em romper acordos internacionais, contratos e leis ...
Quem diria que um dia ouviria isso de você: quebrar patente!

Para esclarecer: são tão poucos os casos de gripe suina no mundo e o alarde que se faz é tão grande, que é melhor deixar de lado essa questão. Só quis postar sobre laboratórios!

A propósito, já faz um bom tempo que você não vê mais gente morrendo em fila do SUS ... aliás, até as filas desapareceram ... o que vc vê na TV é o descaso de alguns hospitais Estaduais, muitos em São Paulo, com a saúde pública.

Abraços e obrigado pela visita!
Júlio