13 de out de 2010

BOLSA-REXONA - Programa social tucano.

***

Governador-eleito de São Paulo, Geraldo Alckmin está preocupado com o desemprego.

Está em pauta o BOLSA-REXONA, programa social tucano que pretende INCLUIR no mercado de trabalho pessoas desempregadas. Segundo o UOL, já está em suas mãos uma lista de nomes que o futuro governador espera poder AMPARAR com este programa social.

Sob o original slogan NO MEU GOVERNO SEMPRE CABE MAIS UM, Geraldo vai acolher tucanos derrotados nas urnas, oferecendo cargos na administração estadual. Entre eles:

VANDERLEI MACRIS
ARNALDO MADEIRA
SILVIO TORRES
ANTONIO CARLOS PANNUNZIO
RENATO AMARY
WALTER FELDMAN
RICARDO MONTORO

O Governador-eleito deixou bem claro que não se trata de aparelhamento da máquina estadual, mas de um Programa Social, nos moldes do Bolsa-Familia, de auxilio a pessoas desamparadas e necessitadas.

Numa segunda etapa do Programa, serão estudados nomes de candidatos derrotados pelo DEM. Como são muitos e a verba é pouca, deverá demorar ainda alguns meses até a efetiva INCLUSÃO.

À despeito de ter pregado, em sua campanha, que pretendia enxugar a máquina pública estadual, Geraldo estuda, diante da necessidade premente, a criação de mais duas Secretarias Especiais para, segundo apurou este blog, acomodar dois personagens importantes da história tucana.

Para TASSO JEREISSATI, pretende criar a SEAPROJ - SECRETARIA ESPECIAL DE ASSESSORIA AOS PROPRIETARIOS DE JATINHOS, autarquia de apoio a quem tem necessidades especiais de locomoção, por via aérea, mas tem pouca experiência ou pouco tempo de brevê.

Para MARCO MACIEL, está em estudo a SEBA - SECRETARIA ESPECIAL DOS BULIMICOS E ANOREXICOS que, evidentemente, cuidará destes problemas de saúde cada vez mais frequentes entre jovens.

Como se vê, não é só Lula que sabe como diminuir as taxas de desemprego.

***

Nenhum comentário: