16 de out de 2010

Serra, o fraco de caráter.

***

Igreja Basilica de São Francisco do Canindé - Canindé - Ceará


A guerra prometida pelo PSDB, para esta campanha, está ultrapassando os limites da ética e da responsabilidade. Por onde passa a comitiva da direita, provoca baixarias e tumultos.

Hoje, chegaram ao cúmulo de forçar um pároco a sair de sua igreja escoltado por seguranças, porque o Senador derrotado, Tasso Jereissati, foi "tirar satisfações com o padre petista", segundo informou o site TERRA. Clique aqui para ler a matéria.

Para provar sua devoção religiosa, o candidato Serra foi rezar na Igreja de São Francisco do Canindé, a 120 km de Fortazea, CE. Durante a missa rezada na Basílica de Canindé, o padre disse que eram mentirosos os panfletos que circulavam na igreja que associavam Dilma Rousseff ao aborto e às FARC. O padre, ainda, criticou a postura dos tucanos em relação ao tema religioso que estes levaram para a campanha politica.

Foi o suficiente para o Coronel Jereissati interromper a missa, e, exaltado, acusou o padre de estar causando problemas à igreja. Jagunços, perdão, partidários de Jereissati foram tentar agredir o padre, que teve se sair sob escolta.

É deprimente! Um homem que se pretende preparado para presidir o Brasil, participar de baixarias como estas. Ao levar a religião para a campanha politica, Serra regrediu à Idade Média; provocou a ira de parcela conservadora das igrejas cristãs com o único objetivo de angariar votos para sua sigla. Mas não admite que pensem diferente. Serra acha que toda a igreja é de direita.

Não sendo capaz de atrair votos com propostas, usa a mentira, a infâmia e o terror para chegar onde tanto deseja: ao poder. Para isso, une-se ao que de pior existe, às forças mais nefastas, ao MAL.

Já disse em postagens anteriores que Serra não teve coragem de defender sua própria esposa no debate da Band, quando Dilma a citou. Agora, diante de relatos de ex-alunas de Mônica Serra de que ela teria feito aborto no tempo de exilio no Chile, Serra vai dizer o quê? Nada?

Serra é covarde e infame; atacar um padre em sua paróquia é o mais absurdo que se pode imaginar. Se Serra fosse "macho" de verdade, tivesse um minimo de caráter, não entraria numa igreja para rezar quando sua campanha distribui panfletos apócrifos mentirosos sobre Dilma e o PT.

Falta pouco para a derrota da direita. Depois das eleições, com a cabeça mais fria, Serra deverá rever a postura sem caráter de sua campanha. Mas nós, a militância silenciosa, não esquece e vai cobrar a conta.

Que Serra não tome isso como uma ameaça, mas como uma promessa.

***
colaborou Everaldo Sylva.

***

3 comentários:

Francisco disse...

Apareceu até o fariseu do Silas Malafaia na propaganda do Zémentiroso.A banalização da fé por esses hipócritas enganadores,que devem estar querendo algo mais por essa aparição no horário eleitoral.A ala dos preconceituosos tem agora a participação de evangélicos e católicos com posições claras contra a MULHER DILMA ROUSSEF.O Brasil mudou tanto que até os religiosos perderam a vergonha na cara!

Júlio Pegna disse...

Francisco, eu vi o MALafaia na TV.
Esses caras pensam que dominam os cérebros dos mais ingênuos, mas terão uma surpresa: Dilma vai ganhar e ele vai perder fiéis!
O PT vai vencer o MAL.

Logo depois da propaganda eleitoral, entrou o Jornal Nacional e os safados mostraram imagens de Serra no Ceará mas preferiram esconder o tumulto ... nem mencionaram o "padre petista" que colocou as coisa em ordem em plena missa!
Abs!

Natale disse...

Que momento e fotografia tristes!

http://noticias.terra.com.br/eleicoes/2010/noticias/0,,OI4738778-EI15315,00-CE+missa+com+presenca+de+Serra+acaba+em+tumulto+em+Caninde.html

Serra acompanhado de fragorosos derrotados, Lucio Alcantara, Mão Santa, e do coronel “tenho jatinho porque posso” que deu uma dura no vigário...